Pelourinho de Póvoa de Santa Cristina

Fonte: Junta de Freguesia de Tentúgal

Classificação: Imóvel de Interesse Público, segundo o Decreto n.º 23 122, DG, I Série, n.º 231, de 11-10-1933

Localização: Póvoa de Santa Cristina, Tentúgal, Montemor-o-Velho

Início de Construção: Século XVI (provável data)

Estilo Arquitetónico: pelourinho quinhentista em cantaria de calcário, de pinha cónica, com soco e fuste octogonais, capitel, que ostenta elementos heráldicos, nomeadamente as armas de Portugal e a esfera armilar, com emblema pessoal de D. Manuel I, e carrancas (nas arestas). Possui, ainda, remate em pináculo, que é constituído por um pequeno friso côncavo, decorado com rosetas, um prisma quadrangular com faces decoradas, e uma terminação piramidal encimada por esfera, de colocação recente (Direção-Geral do Património Cultural & Sistema de Informação para o Património Arquitetónico, 2001-2016).

Neste pelourinho, consta, também, uma coluna de fuste quadrangular, com arestas ligeiramente chanfradas, com pequena argola de ferro a meia altura, tendendo vagamente para a secção oitavada, e assente numa pequena base quadrangular. Possui uma estreita moldura a curta distância do topo, formando uma espécie de colarinho. A esfera do topo não é original, visto que não figura nas fotos antigas (DGPC & SIPA, 2001-2016).

Em suma, o pelourinho de Póvoa de Santa Cristina possui coluna sextavada, apoiada sobre dois degraus quadrados (que são datados do século XX), apresentados na forma primitiva, quatro degraus hexagonais, estando dispostos os ângulos desencontrados. O capitel encontra-se munido de esfera armilar, escudo nacional, terminando, em forma piramidal coroada, com uma esfera. Esta estrutura data do Período Manuelino (atribuição em 1515, data do foral manuelino). Este Pelourinho esteve muitos anos no Museu Machado de Castro, em Coimbra.

História: Segundo alguns autores, Santa Cristina terá recebido foral na década de 1120’s do século XII, das mãos de D. Teresa, embora o primeiro documento conhecido tenha sido outorgado por D. Afonso III, em 1265. No final desse ano, concretamente em 25 de dezembro de 1265, D. Afonso III dá, a esta localidade, ordem de povoamento, passando, a partir de então, a designar-se por Póvoa de Olastro, também apelidada de Santa Cristina de Olastro (DGPC & SIPA, 2001-2016).

No século XV, D. João II eleva o estatuto de Póvoa Olastro à categoria de vila, sob recomendação do seu confessor Frei João da Póvoa (DGPC & SIPA, 2001-2016).

Foi preciso esperar até 20 de dezembro de 1515 para que Póvoa Olastro fosse elevada à categoria de concelho, através de foral atribuído por D. Manuel I. A construção deste monumento deve ter começado, na ótica de alguns autores, após a atribuição do foral manuelino. Póvoa Olastro manteve a sua autonomia administrativa até 1836, altura em que o concelho foi extinto (DGPC & SIPA, 2001-2016).

O pelourinho foi desmantelado no início do século XX, tendo sido guardado no Museu Machado de Castro, em Coimbra, local onde ficou exposto (remontado) no pátio (DGPC & SIPA, 2001-2016).

Por ação da Direção Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais (DGEMN), em 11 de julho de 1946, o pelourinho foi reposto no local aproximado da sua primeira implantação, com algumas alterações entre a estrutura contemporânea dessa altura e a primitiva (DGPC & SIPA, 2001-2016).

Existem fotografias antigas, que mostram o pelourinho ainda no seu local original, elevando-se sobre plataforma hexagonal com ângulos desencontrados e com os degraus primitivos. Apresentava, ainda, uma aguarela do conjunto, realizada quando o monumento se encontrava no museu coimbrão (Magalhães, 1991). A análise das mesmas fotografias permite afirmar que apenas os degraus foram alterados, mantendo-se o resto do pelourinho original, intacto, na reconstrução moderna.

Referências Bibliográficas:

Direção-geral do Património Cultural (s/d). Pelourinho de Póvoa de Santa Cristina. Disponível em: http://www.patrimoniocultural.gov.pt/pt/patrimonio/patrimonio-imovel/pesquisa-do-patrimonio/classificado-ou-em-vias-de-classificacao/geral/view/74009

Sistema de Informação para o Património Arquitetónico (2001-2016). Pelourinho de Póvoa de Santa Cristina. Disponível em: http://www.monumentos.gov.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=1007

Botão Voltar ao Topo